PRM tem prestado um mau serviço nas campanhas eleitorais

Jornalistas baseados na cidade de Quelimane, província da Zambézia estiveram reunidos na  sexta-feira passada em debate sobre a nova lei aprovada pela Assembleia da Republica e promulgada recentemente pelo Chefe do Estado moçambicano, Filipe Nyusi e que vai regular à realização das quintas eleições autárquicas de 10 Outubro próximo.  O encontro que teve a duração de 4 horas de tempo juntou na mesma sala mais de 20 jornalistas oriundos de diversos órgãos de comunicação social.  Foi…

"PRM tem prestado um mau serviço nas campanhas eleitorais"

Gestores do complexo Super Marés agridem fisicamente repórteres

O repórter de imagens da Stv, Hélder Mathwassa, foi agredido hoje por dois gestores do complexo Super Marés, na cidade de Maputo, quando este cobria o trabalho da equipa de inspecção da Agência Nacional de Controlo de Qualidade Ambiental, que se dirigiu ao local para encerrar a parte comercial daquele complexo por irregularidades relacionadas com falta de licença ambiental. Os dois gestores, de nacionalidade portuguesa, desferiram golpes contra o repórter, derrubaram-no para o chão e nessa…

"Gestores do complexo Super Marés agridem fisicamente repórteres"

Jornalistas pedem audiência a Filipe Nyusi para abordarem o rapto e espancamento de Ericino de Salema

Um grupo de dez pessoas, entre as quais jornalistas e activistas dos Direitos Humanos, pediu uma audiência com o Presidente da República, Filipe Nyusi, e com a procuradora-geral da República, Beatriz Buchili, para abordarem o rapto e espancamento do jornalista Ericino de Salema e todo o clima de medo que se instalou com os sucessivos raptos e assassinatos de cidadãos moçambicanos, regra geral com opiniões contrárias ao sistema instalado. As pessoas que pretendem encontrar-se com…

"Jornalistas pedem audiência a Filipe Nyusi para abordarem o rapto e espancamento de Ericino de Salema"

Egídio Vaz queixa-se de plágio no Facebook

O historiador moçambicano Egídio Vaz insurgiu-se este sábado contra a  partilha dos seus textos publicados no Facebook sem a menção de créditos. A crítica de Vaz estendeu-se também aos órgãos de comunicação social que, sem serem autorizados, publicam  artigos do historiador. “A próxima vez que copiarem algum conteúdo deste mural, por favor, digam que fui eu quem escreveu. Estou a receber coisas escritas por mim sem nenhuma atribuição de autoria. O mesmo digo àlguns jornalistas…

"Egídio Vaz queixa-se de plágio no Facebook"

Jornalistas são violentados pela segurança do Governo provincial de Maputo

O Conselho Superior da Comunicação Social (CSCS) e o Sindicato Nacional de Jornalistas (SNJ) condenam e repudiam, com veemência, a violência perpetrada, terça-feira, contra os jornalistas do Magazine Independente. Trata-se de Albanês Ndanda e António Nhangumbe, respectivamente repórter de escrita e repórter fotográfico, violentados pela segurança que guarnece as instalações do Governo provincial de Maputo. Em comunicado de imprensa, o Conselho Superior da Comunicação Social diz ter recebido uma queixa do jornal Magazine Independente, denunciando…

"Jornalistas são violentados pela segurança do Governo provincial de Maputo"

Jornalistas detidos no Zimbabwe por publicarem artigo sobre saúde de Mugabe

Dois jornalistas e um executivo editorial foram detidos no Zimbabwe devido a um artigo, que indica que a saúde do Presidente Robert Mugabe, 93 anos, se está a deteriorar, disse, esta sexta-feira, o seu advogado. Obey Shava referiu que o artigo, publicado no jornal zimbabweano NewsDay na quinta-feira, mencionava um “recente susto relativo à saúde” de Mugabe. Mugabe, que fez 93 anos no mês passado, voou para Singapura na quarta-feira para o que seu porta-voz…

"Jornalistas detidos no Zimbabwe por publicarem artigo sobre saúde de Mugabe"

Jornalistas do “Canal de Moçambique” são de meia-tigela! diz Nini satar

“Sei que algumas pessoas não gostam de ouvir isto, mas é verdade: o jornal “Canal de Moçambique” é de fofocas. Só publica fofocas, e quando não as tem, assume-se como boletim oficial da Renamo. Para os que gostam de analisar, antes de emitirem qualquer opinião, sairão da leitura deste texto esclarecidos. Perceberão que efectivamente o “Canal de Moçambique” intoxica a opinião pública de forma tendenciosa. Denigre a imagem das pessoas sem pejo, faz um jornalismo…

"Jornalistas do “Canal de Moçambique” são de meia-tigela! diz Nini satar"