Renamo diz que vai boicotar tomada de posse em Maputo

De acordo com o jornal Canal Moz, Hermínio Morais, cabeça-de-lista do partido Renamo nas eleições autárquicas de 10 de Outubro, diz que nenhum dos candidatos eleitos pela Renamo para o Conselho Autárquico de Maputo vai tomar posse. Hermínio Morais, ex-general da Renamo, falava anteontem durante uma cerimónia alusiva ao 17 de Outubro, dia da morte de André Matsangaíssa, o primeiro comandante das tropas da Renamo. Canal Moz

"Renamo diz que vai boicotar tomada de posse em Maputo"

Ivone soares diz que a Renamo não vai permitir que os problemas das eleições autárquicas passem sem a devida solução

O partido Renamo disse esta quinta-feira (18) em Maputo que não irá permitir que os problemas destas eleições autárquicas passem sem a devida solução. “A Renamo não vai permitir que os problemas destas eleições autárquicas passem sem a devida solução, nos ganhamos é por isso, queremos governar, a soberania reside no povo e não pode haver maior nem melhor juiz do que o povo, por isso a Renamo vai governar” frisou.  Para a Soares só…

"Ivone soares diz que a Renamo não vai permitir que os problemas das eleições autárquicas passem sem a devida solução"

“A espinha dorsal do MDM não foi destruída”, defende Lutero Simango

O número dois do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), e chefe da bancada parlamentar Lutero Simango, defende que apesar do desaire do Movimento Democrático de Moçambique nas 4ªs eleições municipais a espinha dorsal do seu partido ainda não foi destruída. Simango falava esta quinta-feira (18), durante a abertura da VIII sessão ordinária da Assembleia da Republica argumentando o seu posicionamento com a tese de que a vitória duramente conseguida na cidade da Beira é uma…

"“A espinha dorsal do MDM não foi destruída”, defende Lutero Simango"

Tribunal Judicial chumba recurso interposto pelo MDM

O Tribunal Judicial do Distrito da Matola chumbou o recurso interposto pelo MDM, de alegada fraude nas eleições autárquicas de 10 de Outubro. O Juíz do caso alega incumprimento de prazos e falta de denúncia nas mesas onde houve as irregularidades. O partido  não concorda com a sentença e submeteu hoje um novo recurso a pedir que o caso seja levado ao Conselho Constitucional. O Cabeça-de-lista do MDM, Silvério Ronguane, desqualifica os argumentos do juiz…

"Tribunal Judicial chumba recurso interposto pelo MDM"

Com medo de voltar para casa: Muchanga refugia-se no Parlamento

O deputado e cabeça – de – lista – da Renamo, António Muchanga, refugiou-se na Assembleia da República por temer da sua integridade física, uma vez que a sua residência no Município da Matola encontra-se cercada de blindados e viaturas militares das Forças de Defesa e Segurança.  Muchanga contou, esta manhã, que a partir das 16 horas do dia 12 de Outubro apercebeu-se da presença das FDS em blindados na sua zona residência, depois de…

"Com medo de voltar para casa: Muchanga refugia-se no Parlamento"

Renamo teve vitória qualitativa nas eleições autárquicas

Eleitorado põe fim à ideia de bastiões Uma das grandes ilações das eleições autárquicas da passada quarta-feira em Moçambique é que as mesmas puseram fim à ideia de bastiões de partidos, sendo a juventude a principal responsável pela quebra dessa crença, dizem alguns analistas. Em Moçambique já se tinha desenvolvido a ideia de bastiões da Frelimo e da Renamo, mas o analista Tomás Vieira Mário considera que a forma como decorreram as eleições do passado dia 10 e a…

"Renamo teve vitória qualitativa nas eleições autárquicas"

MDM pede ao tribunal reposição de 4000 votos que lhe foram roubados e atribuídos ao partido Frelimo

O MDM diz que obteve 16.000 votos e não 12.000 votos O Movimento Democrático de Moçambique ( MDM )escreveu, ontem, ao Tribunal Judicial do Distrito da Matola pedindo a reposição de 4000 votos que lhe foram retirados durante o processo de apuramento intermédio pelos representantes do partido Frelimo na Comissão de Eleições da Cidade da Matola, em conluio com o presidente do órgão, Carlos Comé, que é um ex-agente do Serviço de Informação e Segurança…

"MDM pede ao tribunal reposição de 4000 votos que lhe foram roubados e atribuídos ao partido Frelimo"

CDE de Moatize invalida 1400 votos da RENAMO

A Comissão Distrital de Eleições de Moatize invalidou 1400 votos da Renamo, determinando desta forma a vitória da Frelimo. Tudo começou após a Renamo ter ganho no apuramento parcial e intermédio dos resultados da votação, facto confirmado por Aparicio de Nascimento, editor do Malacha,que organizou contagem paralela dos votos em Moatize. Na contagem de votos a Renamo teve 11 166 votos contra 9 786 da Frelimo. Na noite de 12 para 13 de Outubro, a…

"CDE de Moatize invalida 1400 votos da RENAMO"

Mulémbwè diz que FRELIMO ganhou na Matola por mérito e não há espaço para RENAMO contestar

O chefe da brigada central da Frelimo na província de Maputo, Eduardo Mulémbwè, classifica de normal a contestação da Renamo contra os resultados eleitorais publicados no último sábado. Mulémbwè fez estas declarações dois dias depois de a vice-presidente da Comissão de Eleições da Cidade da Matola contestar os resultados oficiais divulgados no sábado. Aliás, o chefe da brigada central da Frelimo na província de Maputo fez questão de sublinhar que esta não é a primeira…

"Mulémbwè diz que FRELIMO ganhou na Matola por mérito e não há espaço para RENAMO contestar"

Frelimo exige fim de chantagens políticas

Uma reacção as ameaças do coordenador interino do principal partido da oposição que a partir da serra da Gorongosa ameaçou romper as negociações pela paz com o governo por considerar que as eleições autárquicas de 10 de Outubro, foram fraudulentas, num acto levado a cabo pela Frelimo, pela polícia e pelos órgãos eleitorais. A Frelimo, partido no poder em Moçambique através do seu Porta-voz Caifadine Manasse reagiu as ameaças do coordenador da Comissão política da…

"Frelimo exige fim de chantagens políticas"