Director do Dossier’s e Factos ameaçado de morte

O Director do Semanário Dossier’s & Factos, o jornalista Serôdio Towo, está a receber fortes ameaças de morte.

Numa das chamadas a que o MAGAZINE teve acesso, o autor das chamadas adverte o jornalista a parar de escrever assuntos sobre o Governo, como tem feito.

Nos últimos dias, o jornalista tem estado a receber inúmeras chamadas e mensagens ameaçando-o. “Quem avisa, amigo é”, ouve-se do outro lado da linha, numa das chamadas que Towo recebeu no último final de semana.

“Esses assuntos que o senhor anda a escrever sobre o Governo é melhor parar, porque vão trazer muita confusão”, diz o autor desconhecido da chamada.

No sábado (10.11), a segurança do escritório do Jornal reportou movimentações estranhas em frente das instalações, para além de vários vizinhos que disseram ter sido questionados sobre a residência do visado.

Em contacto com o MAGAZINE Independente, Serôdio Towo disse sentir estar em perigo. Refira-se que Moçambique recebeu uma classificação de 5,3, numa escala que vai até 10, relativamente à protecção da liberdade de opinião e de expressão.

Esta pontuação consta do relatório da Iniciativa de Medição dos Direitos Humanos (HRMI). Segundo a HRMI, a baixa classificação à liberdade de expressão e de opinião, que é de 5,3, em 10 possíveis, está em linha com a impressão dos jornalistas de que existem ameaças significativas à liberdade de expressão.

Magazine Independente

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *