ÚLTIMA HORA

Chapeiros exigem aumento da tarifa de transportes devido ao aumento do preço de combustíveis

Os transportadores semi-colectivos de passageiros, da rota baixa-mozal, no distrito de Boane, na província de Maputo, arrumaram as suas viaturas, em protesto a recente subida de combustíveis anunciada pelo governo.

Segundo alguns transportadores que prestaram declarações ao jornal FOLHA DE MAPUTO, a subida do preço de combustíveis deveria vir com um aumento na tarifa de transportes e justificam.


Com o aumento do preço dos combustíveis aumentam as nossas dificuldades, a manutenção das viaturas e outros acessórios que precisamos no nosso trabalho, e vamos precisar aumentar os nossos ganhos”, afirmou um motorista.

Por seu turno os cidadãos estão preocupados pela possível subida dos transportes e principalmente porque hoje não puderam chegar a cidade e comprir com os seus compromissos.
Eu só espero que essa greve se resolva logo, mesmo isso significando um aumento nos transportes, nos já estávamos a espera que isso acontecesse, uma hora ou outra”, “comentou Estefany, um dos passageiros  que já estava na paragem a horas.

Publicado em; Folha de Maputo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *