Com golo de Aboubakar aos 43 do segundo tempo, Camarões venceu o Egipto, de virada, por 2 a 1 e se sagrou campeão da Copa Africana de Nações