Identificada funcionária que emitiu passaporte falso de Nini Satar

Já foi identificada a funcionaria do Serviço de Migração que emitiu o passaporte falso a favor de Momad Assif Abdul Satar, mais conhecido por Nini Satar.

Sem avançar o nome , fonte do ” Notícias” disse tratar-se de uma funcionária afecta á Direcção do Serviço de Migração da Cidade de Maputo, que terá emitido o passaporte com o nome de Sahime Mohammad Aslam.

A indiciada foi identificada após uma investigação relâmpago levada a cabo pelo Serviço Nacional de Investigação Criminal ( SERNIC).

Alias, as autoridades judiciais tinham assegurado que aguardavam o repatriamento de Nini Satar para obter mais esclarecimentos sobre todo o esquema desencadeado até a emissão do referido passaporte falso, com o qual foi detido á 25 de Julho último, na Tailândia, onde viveu durante três anos.

Legalização da Prisão de Nini Satar

Entretanto , o Tribunal Judicial da cidade de Maputo poderá legalizar segunda-feira a prisão de Nini Satar, repatriado na última quarta-feira para Moçambique.

Por questões de segurança, a audiência da legalização da Prisao terá lugar nas cela do pavilhão do estabelecimento penitenciário da Machava, vulgo BO, onde esta encarcerado e donde ele saiu em 2014 em liberdade condicional.

A legalização da prisão estará relacionada com os processos de raptos a que está indiciado e em tramitação na Procuradoria-Geral da República e do Tribunal Judicial da Cidade de Maputo.

Ele deverá ainda ver legalizada a sua situação no processo de obtenção fraudulenta do passaporte.

 

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *