Zodwa Wabantu proibida de fazer show e deportada de emergência na Zâmbia

A dançarina sul-africana, Zodwa Wabantu, conhecida pelo seu jeito peculiar e controverso de fazer espetáculos públicos mostrando partes íntimas, foi proibida e mandada de volta à África do Sul.

A proibição e respectiva deportação de emergência da dançarina aconteceu semana passada em Lusaka, capital da Zâmbia.

A Zâmbia é um dos poucos países da África que ainda prioriza a decência, boas práticas sócio-culturais. É um país bastante conservador. Não existe sequer 1 metro quadrado na Zâmbia em que se admite imoralidades. A Zâmbia é um país muito conservador cuja constituição afirma explicitamente que é uma nação cristã, em contraste com a África do Sul mais liberal.

Entretanto, quando as autoridades ouviram que viria àquele país a Zodwa para uma agenda de espetáculo imundo tiveram que fazer profundas e rápidas intervenções.

Esperaram-na serenamente no aeroporto internacional de Lusaka como quem não quer nada. Mal que desembarcou eles prontamente disseram: “ SENHORA, VOLTAR PARA CASA AGORA MESMO!. NÃO QUEREMOS ZODWAS WABANTUS AQUI”.

O seu agente, Lucky Munakambe, foi advertido pelas autoridades para nunca mais na vida tornar a brincar de trazer aquilo que eles consideraram de “lix0” para os zambianos, alegando que sua actuação “prejudicaria os valores nacionais“.

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *