Mahamudo Amurane chora ao ver a proposta chumbada pela Frelimo e o MDM, As lágrimas de Mahamudo Amurane não convenceram os membros da Frelimo e o MDM.
Politica

Mahamudo Amurane chora ao ver a proposta chumbada pela Frelimo e o MDM

As Bancadas da Frelimo e do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), este último, partido pelo qual Mahamudo Amurane se fez eleger para a presidência do município de Nampula, chumbaram, ontem, a proposta da agenda da segunda sessão ordinária da Assembleia Municipal.

A sessão foi convocada para apreciação, debate, e aprovação do nome de Biblioteca Municipal Dom Manuel Vieira Pinto.
As duas bancadas dizem reconhecer os feitos do anterior Arcebispo católico, mas por outro lado referem não haver necessidades para a atribuição do seu nome a aquela infra-estrutura.
O presidente do município de Nampula teceu vários argumentos defendendo a pertinência do projecto da construção e atribuição do nome de Biblioteca Dom Manuel Viera Pinto. Mahamudo Amurane chegou até a deitar lágrimas.
As lágrimas de Mahamudo Amurane não convenceram os membros da Frelimo e muito menos os do Movimento Democrático de Moçambique na Assembleia Municipal que decidiram chumbar a sua proposta.
Esta situação coloca o edil do terceiro maior município do país, bastante delicada e com uma posição extremamente fragilizada para enfrentar os cerca de três semestres que faltam para o fim do actual mandato.
Todaverdademoz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *