Carta para a menina que queimou à gasolina o meu filho – leia

0
105
Carta para a menina que queimou à gasolina o meu filho
 CARTA PARA A MENINA QUE QUEIMOU À GASOLINA O MEU FILHO

“Queimaste meu filho com frieza e extinguiste sua masculinidade, desviando a funcionalidade do escasso recurso que é a gasolina, para fins reles e desumanos.
Existem diferenças entre menina, garota e mulher.

Menina – assim te chamo pela imaturidade que demonstraste com esse acto vil – pois responda-me:
Será que sabes quanto sacrifício e quantas raízes tomei pra junto do meu marido conceber, a única vida do meu ventre que reduziste brutalmente ao pó?

Será que sabes quantos pontos levei na maternidade, de tanta dificuldade e tanta dor em trazê-lo ao mundo?

E meus netos que não tive!!! Tamanha indigência a tua.

Pensas que tiraste uma vida, mas com ela várias se foram e todo um sonho…inclusive comprometeste a segurança de nossa família.

Meu filho era um homem batalhador, íntegro, afectuoso e que todas suas habilidades eram invocáveis em todas circunstâncias, até no serviço. QUE TIPO DE MULHER ÉS TU, QUE NÃO CONSEGUIAS VER ESSAS QUALIDADES? QUE SOMENTE TE APRAZ O MAL E COM ELE VÍNCULOS COMBUSTÍVEIS TE FAZEM ATINGIR O ORGASMO DA LOUCURA???

GEREI UM HOMEM E NÃO UM SANTO, ALIÁS NINGUÉM É SANTO. Que o diga seu pai pelas fecundações (filhos dele que são irmãos teus) que desconheces e pelas meninas que saúdam seu final de mês antes do rancho da vossa casa!! Salvo os poucos homens fiéis que creio existirem, me perdoem o desabafo.
Menina MINHA DOR É TRANSBORDANTE que posso durar dias e tintas de caneta sem atingir o meu auge graças a sua proliferação.

QUEM ÉS TU PARA A VIDA DE ALGUÉM TIRARES? Váaaaaaaaaa!

Outrora, escute o conselho de uma mulher para que não o faças mais:
– invista numa RELAÇÃO DE QUALIDADE E NÃO DE QUANTIDADES;
– Invista num homem e suas virtudes, não nos seus bolsos e defeitos;
– Invista na DURABILIDADE DO NÓS e não do eu, porque no embarque do amor só perduram os que juntos querem envelhecer.
– Saiba pedir a presença de Deus na tua casa e combata seus “xipocos”.

Achas que existe um contrato entre os casais e o oceano Atlântico pra levantamento de bodas de ouro? Não minha filha! filha não, não mereces esse apreço! Não menina mimada, pois lá a salinidade é vasta quanto a imperfeição nossa.

O que é teu, ninguém tira,
Se a relação não dá: divorcie!
Te recebi como nora e não como assassina!!

À propósito, se o amavas como dissipaste nas tuas falsas lágrimas, quem virá te consolar e acompanhar-te nas tuas restantes noites??????
Ademais, e se fosse com teu filho (o neto que nem me deste!) ???

Responda-me por favor!!!
Ajude-me a atenuar a minha dor…”

#KallyanaCatyChabana (29 de Março – 18h46min)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here