Venâncio Mondlane ataca RENAMO!

Segundo o Jornal Canal de Moçambique, Venâncio Mondlane anda agastado com o partido Renamo. “Eles prometeram todo apoio e integração e me dariam tudo que eu pretendia, ser edil de Maputo. Eu não tive apoio suficiente das bases da RENAMO na cidade de Maputo e mesmo de jovens que já militam neste partido. Ser porta-voz foi um arranjo feito para me consolar” disse Venâncio Mondlane. Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.  

"Venâncio Mondlane ataca RENAMO!"

Conselho Constitucional chumba recurso da Renamo

O Conselho Constitucional chumbou o recurso apresentado pela Renamo contra a deliberação da Comissão Nacional de Eleições, que considerou Venâncio António Bila Mondlane como inelegível para as quintas eleições autárquicas, com o fundamento no facto deste ter renunciado o mandato de membro da Assembleia Municipal da Cidade de Maputo. No recurso que interpôs ao CC, a Renamo refere: “Tendo o recorrente interposto recurso da Deliberação nº 64/CNE/2018, de 23 de Agosto, ao Conselho Constitucional e…

"Conselho Constitucional chumba recurso da Renamo"

Venâncio Mondlane diz que ninguém irá impedi-lo de concorrer às eleições

Venâncio Mondlane diz que independentemente das decisões da Comissão Nacional de Eleições e do Conselho Constitucional sobre os recursos submetidos recentemente ele é e sempre será cabeça-de-lista da Renamo, na cidade de Maputo. O desafio às autoridades foi feita na manhã desta segunda-feira numa entrevista exclusiva ao O País. Mondlane diz que ninguém irá lhe impedir de concorrer às eleições do dia 10 de Outubro, pois esta é a vontade dos munícipes da autarquia de…

"Venâncio Mondlane diz que ninguém irá impedi-lo de concorrer às eleições"

Mondlane recebe garantias de renomados juristas de que desta vez a sua candidatura irá passar

Venâncio Mondlane diz que está confiante na apreciação a seu favor do recurso interposto pela Renamo à Comissão Nacional de Eleições e ao Conselho Constitucional para concorrer ao município de Maputo. Depois do Conselho Constitucional (CC) não ter aceitado o pedido da Renamo para declaração da inconstitucionalidade das normas que fundamentaram a exclusão da corrida eleitoral do seu cabeça-de-lista para cidade de Maputo, Venâncio Mondlane continua firme em actividades político-partidárias da Perdiz. Mondlane diz ter…

"Mondlane recebe garantias de renomados juristas de que desta vez a sua candidatura irá passar"

Venâncio Mondlane recupera alento e regressa ao combate

Depois de um aparente KO e encostado às cordas, todo mundo conjeturando seu fim politico e a teoria de uma tal conspiração da ala castrense da Renamo moldando a narrativa dos comentadores de serviço, eis que Venâncio Mondlane, o engenheiro proposto para cabeça de lista do maior partido da oposição nas eleições municipais de Outubro em Maputo, regressa de peito aberto ao combate. Nos últimos dias, gente à sua volta andou buscando aconselhamento para que…

"Venâncio Mondlane recupera alento e regressa ao combate"

Renamo vai se vingar da perseguição dos opositores políticos

O partido Renamo convocou a imprensa para lamentar a exclusão de Venâncio Mondlane. O Conselho Constitucional decidiu, ontem, em acórdão, com o n. 8/Conselho Constitucional/2018. de 3 de Setembro, manter a decisão dadeliberação 64/CNE/2018, de 23 de Agosto, de afastar o cabeça-de-lista da Renamo em Maputo, alegadamente porque a Renamo não tem legitimidade para requerer a declaração de inconstitucionalidade das leis. Em reacção ao acórdão do Conselho Constitucional, a Renamo lamentou o afastamento de Venâncio…

"Renamo vai se vingar da perseguição dos opositores políticos"

Venâncio Mondlane definitivamente fora da corrida às eleições

O Conselho Constitucional (CC) reprovou o recurso submetido pela Renamo no qual solicitava a declaração de inconstitucionalidade das normas invocadas pela Comissão Nacional de Eleições para excluir a candidatura de Venâncio Mondlane a cabeça-de-lista daquele partido na cidade de Maputo. Basicamente, os juízes do CC fundamentam a sua decisão afirmando que a Renamo não tem legitimidade para solicitar àquele órgão a declaração da inconstitucionalidade das leis ou de ilegalidade dos actos normativos dos órgãos do…

"Venâncio Mondlane definitivamente fora da corrida às eleições"

Venâncio Mondlane e Samora Machel Júnior apresentam reclamação à CNE

Se a CNE mantiver a decisão, deverá remeter o processo ao Conselho Constitucional. A Renamo e a Associação Juvenil Para o Desenvolvimento de Moçambique entraram ontem na primeira batalha contra as deliberações da Comissão Nacional de Eleições. A Renamo quer que a CNE recue na decisão de afastar Venâncio Mondlane, cabeça-de-lista deste partido, em Maputo, para as eleições autárquicas de 10 de Outubro. A AJUDEM luta para que a CNE retire a decisão de desqualificar…

"Venâncio Mondlane e Samora Machel Júnior apresentam reclamação à CNE"

PRM impede marcha de membros e simpatizantes da Renamo

A Renamo queixa-se de ter sido impedida pela Polícia da República de Moçambique (PRM) de fazer uma apresentação do seu cabeça-de-lista ao nível da cidade de Maputo, Venâncio Mondlane. O impedimento deve-se, segundo Venâncio, à falta de uma autorização. “A alegação é que devíamos pedir autorização para fazer trabalho político. Mas em 1990 quando se aprovou a nova constituição, a liberdade de associação e de criar partidos foi aprovada”, disse Mondlane. O impedimento é inconstitucional,…

"PRM impede marcha de membros e simpatizantes da Renamo"

Venâncio Mondlane reage perante rejeição da sua candidatura como cabeça-de-lista

Constitucional Esperança Por: Venâncio Mondlane Caros amigos, companheiros, irmãos de luta, Moçambicanos e Moçambicanas! Na passada segunda-feira, dia 20 de Agosto de 2018, a CNE, por voto de uma coligação político-partidário, decidiu pela rejeição da minha candidatura como cabeça-de-lista da Renamo para Cidade de Maputo, rumo as eleições autárquicas de 10 de Outubro próximo. O meu percurso até esta fase foi marcada por vários episódios, muitos dos quais se aparentavam intransitavéis, uma muralha irredutível, o…

"Venâncio Mondlane reage perante rejeição da sua candidatura como cabeça-de-lista"