Baleado mais um membro da Renamo em Mocuba

Mais um membro do maior partido da oposição no País  foi baleado, ontem, em Mocuba, na província da Zambézia. Trata-se de Abílio Baessa, que, além de ser membro da Renamo, é antigo director provincial adjunto do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral a nível da Zambézia. 

De acordo com o porta-voz da Renamo, Baessa está a receber cuidados médicos. “Foi alvejado a tiro próximo do posto policial em Mocuba”, disse António Muchanga, realçando que “estes actos visam obrigar a Renamo a abandonar o diálogo, o que a direcção máxima deste partido encoraja que contrariemos, mantendo a nossa firmeza e persistência no diálogo. Queremos manifestar nossa condenação desses actos”.

O porta-voz da Renamo revelou que cerca de 100 pessoas do seu partido já foram executadas, desde que eclodiu a tensão político-militar no país e diz que o número de desaparecidos chega a cerca de 250 pessoas.
(O País)

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *