EUA recusa visto a Maradona por insultar Donald Trump

O ex-jogador argentino Diego Maradona foi proibido de entrar nos Estados Unidos da América, uma vez que este país decidiu não atribuir um visto à lenda do futebol mundial, dias depois de o antigo internacional “albiceleste” ter classificado Donald Trump de “fantoche”, durante uma entrevista à Telesur. Maradona planeava viajar em Março para os EUA devido a um processo judicial que interpôs contra a antiga esposa, Claudia Villafañe. Viva!

"EUA recusa visto a Maradona por insultar Donald Trump"