Novo Presidente gambiano quer o país de volta ao Tribunal Penal Internacional

A garantia foi avançada pelo presidente da Gâmbia, Adama Barrow à Comissão Europeia e contraria a formalização da saída da Gâmbia deste tribunal internacional, cuja função principal é julgar crimes contra a humanidade, iniciada pelo ex-Presidente Yahya Jammeh. O TPI foi criado em 1998, pelo Estatuto de Roma e iniciou funções formalmente em 2002, tendo funções essenciais substanciadas nos seus estatutos: crimes contra a humanidade, crimes de genocídio, crimes de guerra e crimes de agressão…

"Novo Presidente gambiano quer o país de volta ao Tribunal Penal Internacional"

Russos resolvem deixar Tribunal Penal Internacional

A russos  resolveram deixar o Tribunal Penal Internacional, por considerar que este organismo “não cumpriu as expectativas e não se converteu num órgão de Justiça verdadeiramente independente e prestigiado“. A Rússia assinou em 2000 o Estatuto de Roma do TPI, que foi criado para julgar crimes de guerra, mas o presidente Vladimir Putin deu ordem para notificar os organismo internacionais da decisão de sair do tratado. Um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros Russo, citado pela…

"Russos resolvem deixar Tribunal Penal Internacional"