Dois dirigentes históricos da FRELIMO contratados a avaliar o índice de corrupção no Estado

Suíça contrata Óscar Monteiro e Teodato Hunguana para um estudo sobre o nível de corrupção no Governo

Está a criar mal-estar no partido Frelimo o facto de dois dirigentes históricos deste partido, nomeadamente, Óscar Monteiro ex-membro do Bureau Político do partido Frelimo, e Teodato Hunguana, ex-juiz do Conselho Constitucional, terem aceitado fazer uma consultoria encomendada pela Embaixada da Suíça, que tem como objectivo avaliar o índice de corrupção no Estado.

Ler mais na versão PDF do Diário CanalMoz, mediante subscrição.

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *