Novos dados sobre a morte de Samora Machel

Trinta anos após a morte de Samora Machel, o primeiro Presidente da então Republica Popular de Moçambique, herói que morreu num acidente de aviação em Mbuzini, na Africa do Sul, a bordo de um avião Tupolev de fabrico Soviético quando regressava da Zâmbia a Maputo. Logo após a sua morte em 19 de Outubro de 1986, uma comissão de inquérito foi formada entre Moçambique, África de Sul, e União Sovietica a qual conseguiu reconstruir alguns dados em torno das circunstâncias que ditaram a morte de Samora Machel.

Mesmo após a reconstrução dos factos, muita zona de penumbra prevalece até hoje e varias teorias ainda são levantadas para figurar o móbil do acidente, e  o investigador moçambicano João Cabrita defende a teoria do acidente como uma falha humana. O investigador e o autor entre outros do livro “A Morte de Samora Machel” publicado em 2005, João Cabrita refere -em declarações exclusivas para a RFI- ter dados novos com os quais pretende agora completar as suas pesquisas. 

E quanto a nós resta -nos apenas esperar.
Veja mais em:
https://todaverdademoz.blogspot.com/

 

Um Comentário

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *