Filipe Nyusi: “Daniel Chapo conhece os problemas das populações”

O candidato presidencial da Frelimo, Daniel Chapo, foi oficialmente apresentado aos militantes, simpatizantes e a população da província de Gaza em geral. O acto teve lugar na quinta-feira, na cidade de Xai-Xai e foi orientado ao mais alto nível pelo Presidente da República e Presidente da Frelimo, Flipe Jacinto Nyusi.

“Daniel Chapo conhece os problemas das populações, porque sempre foi um líder do terreno que passou várias noites nas zonas recônditas, vivendo de perto as preocupações das populações. Mas também participou, liderou e testemunhou várias realizações a nível da província que dirigiu, bem como a nível central’, disse Filipe Nyusi.

Por sua vez, o candidato da Frelimo referiu que uma das prioridades, caso seja eleito em outubro próximo, é fazer do desporto um mecanismo de promoção da coesão, cidadania e saúde para a população.

Daniel Chapo fazia, deste modo, a alusão ao facto de Gaza ter se sagrado campeão na XV edição dos Jogos Desportivos Escolares 2024, que tiveram lugar recentemente na Cidade de Nampula.

Para o candidato Daniel Chapo, esta proeza deve servir de pretexto para que a província de Gaza continue a apostar e a investir no desporto, não só a nível federado, recreativo, escolar, mas como ferramenta para manutenção física.

Convidou aos presentes no comício para que comecem a caminhar pelas manhãs ou no fim da jornada laboral porque “com uma população mais saudável, teremos menos pessoas a irem ao hospital. Assim vai se aliviar a pressão aos profissionais de saúde”.

Melhorar as condições dos profissionais da saúde 

Daniel Chapo garantiu que pretende continuar a construir hospitais e centros de saúde, em Gaza. Outrossim, auscultar os profissionais da saúde para resolver as suas preocupações. Os utentes das unidades sanitárias, segundo Daniel Chapo, “devem receber o melhor tratamento possível, as mães grávidas e demais pacientes devem sentir o carinho dos profissionais de saúde”.

Paralelamente à melhoria de atendimento, Daniel Chapo pretende assegurar mais medicamentos nos hospitais, não só em quantidade e qualidade.

Na área de género, criança e acção social, Daniel Chapo pretende assegurar apoio para os idosos, crianças, mulheres e outras classes menos favorecidas. “O trabalho do Governo é servir a população”.

Daniel Chapo realçou a importância do diálogo com os profissionais de todas as áreas para uma resposta mais eficaz aos desafios do país.

Por isso, no sector da educação defende que “é preciso não educar a criança apenas cientificamente, mas formar homens e mulheres com valores éticos e morais, que saibam distinguir o certo e o errado. Que sabem que roubar, matar é mau”, disse Chapo.

Auscultar os líderes comunitários e religiosos 

Quanto aos líderes comunitários e religiosos, Daniel Chapo espera mais envolvimento destas estruturas na sua acção governativa.

Para o candidato da Frelimo, estas lideranças são fundamentais na formação do homem e preservação de valores importantes de uma sociedade.

Daniel Chapo vai continuar a trabalhar com os líderes comunitários e religiosos. “A religião, seja ela qual for, é muito importante para formação do homem. Por isso, vamos continuar a priorizar o diálogo com estes, pois não basta ler, escrever e contar bem se não está espiritualmente completo”.

O Candidato Daniel Chapo, disse que acredita no potencial da juventude. “A juventude não está perdida”, afirmou.

Chapo garante que vai manter os esforços visando combater a violência doméstica e os casamentos prematuros. “A mulher deve ter os mesmos direitos que os homens. A mulher é uma flor, e é para ser cuidada”.

O Candidato Daniel Chapo conta com a colaboração e os ensinamentos dos combatentes, aqueles que sacrificaram a sua juventude para libertar Moçambique. “Hoje temos independência nacional e somos respeitados no concerto das nações porque os combatentes entregaram a sua vida por nós, até somos membros não permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas, graças aos combatentes e ao trabalho do nosso querido Presidente Filipe Jacinto Nyusi”, acrescentou.

Por mais estradas e pontes…

Outra prioridade de Daniel Chapo, é a construção de mais estradas e pontes. Recordou que quando governador em Inhambane iniciou, junto com a província de Gaza, a construção da estrada Mapinhane – Phafuri, que vai desenvolver o interior das duas regiões do sul de Moçambique.

O Candidato Daniel Chapo, disse que a cultura e o turismo vão continuar a ser o seu foco. Manifestou alegria por ter sido recebido por grupos de Massesse, Makwaela, Xigubo, manifestações culturais que pretende preservar.

“Gaza é uma província rica em turismo, tem praias bonitas e outras atracões”, reconheceu Daniel Chapo.

Recordou que em Gaza, nasceu o arquitecto da unidade nacional Eduardo Mondlane, o primeiro presidente de Moçambique Samora Machel. “Aqui é a terra de Ngungunhane, Maguiguana, aqui é terra de heróis. Por isso nós devemos preservar esta história e a nossa cultura para continuarmos a ter identidade como moçambicanos”, referiu Daniel Chapo.

Habitação e emprego para jovens

Daniel Chapo, promete impulsionar a criação de empregos e habitação para jovens. O candidato vai estimular o ordenamento territorial para que a camada jovem “possa construir suas casas em terrenos infraestruturados”.

O candidato presidencial pretende construir mais habitação para a juventude.

Daniel Chapo convidou os jovens a estarem atentos a oportunidades, citando como exemplo a economia azul. “No mar há muitos recursos e riqueza”, alertou Daniel Chapo, acrescentando que vai continuar a trabalhar para impulsionar a economia azul.

“Para encontrar emprego para juventude, é importante desenvolver uma agricultura comercial que nos permitirá ter indústrias para empregar jovens que vão trabalhar e sustentar as famílias”, disse o candidato Daniel Chapo.

Fortificar o sector empresarial

Chapo promete trabalhar para que os empresários cresçam e tenham robustez que ajude a dinamizar a economia nacional. “Vamos manter encontro com a classe empresarial para ouvir as suas reclamações e em conjunto buscarmos soluções”, disse.

O candidato prometeu voltar a Gaza para conversar com diversos segmentos sociais, ouvir conselhos que assegurem o desenvolvimento do país.

Apelou que no dia 9 de outubro todos se dirijam às Assembleias de Voto para decidir o destino de Moçambique.

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Content Protection by DMCA.com