Irmão Mbalua em pé de guerra com a Igreja Católica de Moçambique (Diocese de Quelimane)

A Igreja Católica em Moçambique na pessoa do Bispo de Quelimane repudia com veemência a música que circula nas redes sociais com o título “Acontecimentos dos últimos dias” do cantor moçambicano, Irmão Mbalua, e pede as autoridades para que se reponha a verdade sobre a Covid-19 e sobre as relações do Papa Francisco com os Estados no mundo.
Na carta enviada à Direção Provincial da Cultura da Zambézia, Dom Hilário da Cruz Massinga lamenta dizendo que a música ofende a autoridade máxima da Igreja Católica, a todos os fiéis católicos e atentado à unidade e comunhão das confissões Religiosas descritas na República de Moçambique.
Na música, o cantor incentiva ainda a não aceitação da vacina contra Covid-19, desvaloriza a existência da doença e ainda acusa o Papa Francisco de ser alguém pertencente ao grupo satánico ILLUMINATI com plano de distribuir a  marca da besta.
De recordar que o Irmão Mbalua é o músico que fez muito sucesso neste tempo da Pandemia do novo Coronavírus com a música “CULUPADO É O NAMORADO DELA“. (Via Kmk Moz)/Orgulho Moz ©️ 2020
Leia a carta abaixo:

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *