A Igreja Católica em Moçambique na pessoa do Bispo de Quelimane repudia com veemência a música que circula nas redes sociais com o título “Acontecimentos dos últimos dias”