Ayuba Cuereneia diz que os governos não deviam ter muitas liberdades para criar novos ministérios

Ayuba . “Eu não creio que seja eficiente que cada Governo que chega tenha a liberdade total de formular os seus ministérios”, afirmou.

Segundo o antigo governante, depois da sua criação, um Ministério leva em média 1 ano para funcionar devidamente. “Porque precisa não só mudar a estrutura interna, os timbres, os carimbos e etc, mas precisa-se de trabalhar a mente humana”, declarou Cuereneia, explicando que “para os funcionários que lá estão se adaptarem às novas funções que devem desenvolver e aos novos colegas e chefes que passam a ter é um tempo que se gasta”.

Para evitar este tipo de situações diz que uma das saídas devia ser que o país primeiro tivesse “uma visão como Nação”, o que lhe permitiria interligar os diferentes programas ou planos de desenvolvimento nacionais e internacionais, com que o país está ligado, numa única estratégia. “Cada Governo devia trazer as suas especificidades dentro daquilo que já estiver plasmado na estratégia da Nação”.
Outra estratégia para concretizar isto, o antigo governante propõe que a Assembleia da República ou outro órgão competente estabeleça legislação que indica os ministérios. “Pelo menos os ministérios básicos”, sugeriu.

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *