Descoberta uma fraude massiva nas finanças públicas moçambicanas no CEDSIF

Mais um rombo financeiro abala as finanças públicas moçambicanas. A semana passada foi descoberta uma fraude massiva em curso no CEDSIF (Centro de Desenvolvimento de Sistemas de Informação de Finanças), cujos valores já ultrapassavam os 100 milhões de Meticais, soube “Carta” de fontes séniores do Ministério de Economia e Finanças (MEF).

A fraude estava ainda em curso, garantiu a fonte, anotando que, desta vez, trata-se de fundos do próprio CEDSIF, que faz a gestão do sistema de pagamentos do Tesouro. De acordo com fontes de “Carta”, tudo indica que a fraude em curso estava a ser desencadeada por uma rede interna de funcionários. O CEDSIF tem 390 funcionários em todo o país. O rombo ainda não foi confirmado oficialmente.

De tempos em tempos, CEDSIF tem sido alvo de fraudes, com intrusão nos seus sistemas informáticos de gestão financeira. Um dos mais recentes deu-se em Setembro de 2018, no valor de 8 milhões de Meticais. Os envolvidos foram julgados e condenados depois de uma tentativa gorada de não investigação por parte do SERNIC. Outras fraudes envolvendo o sistema de finanças públicas e a banca comercial são simplesmente abafadas, para não alarmar dos doadores. (Carta)

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

DMCA.com Protection Status