Partidos Políticos prometem um futuro melhor a Cabo Delgado

Os três principais partidos políticos que concorrem as eleições de 15 de Outubro próximo, prometem mudanças positivas na vida da população da província de Cabo Delgado.

Água, vias de acesso, expansão de energia eléctrica e educação formal gratuita, são as promessas comuns que os eleitores têm estado a ouvir desde que iniciou a campanha eleitoral.

A FRELIMO começou oficialmente a caca ao voto na cidade de Pemba, com um comício no bairro Alto Gingone, onde o Chefe da Brigada Central do partido de assistência à província, Eduardo Mulémbwè, explicou as razões da escolha de Filipe Nyusi, para governar o país nos próximos cinco anos. “Filipe Nyusi é um homem inteligente e humilde, prova de que é o candidato ideal para continuar a governar Moçambique, disse Mulémbwè”, que deixou um apelo aos eleitores.

Para termos um governador da província da Frelimo, precisamos de votar no partido, porque agora já não é o Presidente da Republica que vai indicar os governadores provinciais. Essa responsabilidade foi encarregue a população desta província,  concluiu Mulémbwè em jeito de apelo, antes de voltar apresentar o cabeça de lista para Cabo Delgado,  Valige Tauabo.

Convidado a tomar palavra, o cabeça de lista da Frelimo em Cabo Delgado, pediu voto aos leitores por forma a garantir a continuidade do desenvolvimento da província.

“Estamos para servir ao povo, e dar continuidade das acções do nosso partido, mas para isso, vocês precisam votar no presidente Filipe Nyusi e a FRELIMO no próximo dia 15 de Outubro, par eu ser o governador da província”, pediu Valige Tauabo.

O Movimento Democrático de Moçambique também abriu a sua campanha eleitoral no  bairro Alto Gingone, onde o delegado provincial do partido, António Macanige e o cabeça de lista da província, José de Jesus Avelino e os membros do partidos deixaram várias promessas.

“Muitas vezes as pessoas votam as cores partidárias e não projectos de governação. Por isso nos queremos apelar a população de Cabo Delgado para escolher o melhor manifesto”, apelou António Macanige.

Por sua, o cabeça de lista do MDM, pediu voto dos eleitores para colocar Daviz Simango na ponta vermelha.

Segundo José de Jesus Avelino, “nos temos que fazer tudo por tudo para colocar o nosso presidente Daviz Simango na ponta da vermelha, e também por o nosso partido ao nível central com muitos deputados na Assembleia da República”.

A RENAMO começou a campanha eleitoral com uma marcha pelas artérias da cidade de Pemba, até ao bairro de Natite, onde o delegado provincial do partido Manuel Macuane e a cabeça de lista da província Ângela Eduardo, pediram voto com promessas de mudanças na vida da população de Cabo Delgado. “Convidamos a todos eleitores para votara a RENAMO e Momade Ossufo para mudar o pais”, disse Macuane.

Durante a marcha, Ângela Eduardo, a cabeça de lista da RENAMO em Cabo Delgado pediu, “Votem, votem e votem em massa, votem na RENAMO que é único garante da  esperança e da liberdade em Moçambique”.

Os cabeças de lista dos três principais partidos que concorrem as eleições de Outubro próximo abriram oficialmente a campanha eleitoral na cidade de Pemba.

No segundo dia da campanha, os partidos políticos priorizaram contacto interpessoal na rua e de casa em casa onde deixaram promessas de um país melhor depois de 15 de outubro próximo.

O País

Loading...

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *