Salvado ameaça abandonar o Ferroviário devido racismo e regionalismo dos associados

O técnico moçambicano Arnaldo Salvado ameaçou abandonar o Ferroviário devido racismo e regionalismo dos associados.

O técnico moçambicano actualmente ao serviço do Ferroviário de Nampula diz que, tem sido vítima dos actos racistas e palavras injuriosas promovidos pelos adeptos do clube.

Arnaldo Salvado, que compre o segundo ano de contrato, ameaça abandonar os Locomotivas, caso a massa associativa continue a interferir no seu trabalho.

TVM

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *