Perdeu a vida o jornalista Daniel Cuambe

O jornalista Daniel Cuambe, da Redacção do jornal “Notícias”, em Maputo, com passagem pelo jornal “domingo”, perdeu a vida na manhã de sábado, na Clínica do Hospital Central de Maputo, vítima de doença prolongada. Trata-se de um dos embondeiros do jornalismo moçambicano, com mais de 40 anos de carreira.

Daniel Cuambe nasceu a 14 de Setembro de 1957 e iniciou a sua carreira profissional na célebre Revista Tempo, de onde se notabilizou e, por essa via, se candidatou e foi admitido aos quadros do jornal “notícias”.

Poucos anos depois, e por imperativos sócio-profissionais, passou a integrar os quadros do “Notícias da Beira” (hoje “Diário de Moçambique”) e regressou ao “Notícias” para evoluir até alcançar o estatuto de editor da Secção de Economia e Negócios, sector que era responsável pela recolha, redacção, edição e publicação do suplemento com matérias eminentemente económicas, de negócios e finanças nacionais e internacionais.

Dada a sua perspicácia laboral, Daniel Cuambe assumiu a função de correspondente do “Diário de Notícias”, um jornal de Portugal, e foi assessor de Imprensa do Gabinete da então Primeira-ministra, Luísa Diogo, e até à data da sua morte (ontem) exercia o cargo de secretário de Redacção do jornal “Notícias”. Daniel Cuambe deixa viúva e dois filhos.

Jornal domingo

Loading...

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *