Editora Angolana Pagou Composição Da Polémica Música De Yola Semedo

A Energia Positiva Music, produtora e editora angolana da mais recente obra discográfica de Yola Semedo, defendeu a cantora da acusação de plágio de que sofre na música “Final” devido a semelhanças com “Falso” de Euridse Jeque, lançada em 2014, relegando toda a responsabilidade ao produtor moçambicano Aurson Dimande, de quem adquiriram a composição. Em comunicado, a Energia Positiva Music, avança que Aurson Dimande, conhecido nos meandros artísticos por Venâncio, é o autor legalmente registado…

"Editora Angolana Pagou Composição Da Polémica Música De Yola Semedo"

Yola Semedo Acusa Fred Jossias De Perseguição A Músicos Angolanos

O polémico apresentador moçambicano, Fred Jossias, acusou a  cantora angolana Yola Semedo de plagiar a música de Euridse Jeque. A acusação feita no programa “Batidas”, transmitido na TV Sucesso chegou aos ouvidos de Yola, que num vídeo publicado no Instagram defende-se e denuncia o que chama de perseguições de Fred Jossias aos artistas angolanos. No referido vídeo em que cantora e surge de cara lavada – algo que ocorre sempre que fica irritada – afirma…

"Yola Semedo Acusa Fred Jossias De Perseguição A Músicos Angolanos"

Yola Semedo perde humildade e diz que não conhece Euridse Jeque

EURIDSE JEQUE VS YOLA SEMEDO, PLÁGIO OU INSPIRAÇÃO? A cantora angolana Yola Semedo está sendo acusada pelos internautas de plágio/cópia da música da cantora moçambicana Euridse Jeque intitulada FALSO. Através de um vídeo gravado recentemente no programa Batidas do apresentador FRED JOSSIAS , ele se questiona se é plágio ou inspiracao. É de salientar que a música da Euridse Jeque foi lançada em 2014 e a música da Yola Semedo foi lançada este ano 2018.…

"Yola Semedo perde humildade e diz que não conhece Euridse Jeque"

Egídio Vaz queixa-se de plágio no Facebook

O historiador moçambicano Egídio Vaz insurgiu-se este sábado contra a  partilha dos seus textos publicados no Facebook sem a menção de créditos. A crítica de Vaz estendeu-se também aos órgãos de comunicação social que, sem serem autorizados, publicam  artigos do historiador. “A próxima vez que copiarem algum conteúdo deste mural, por favor, digam que fui eu quem escreveu. Estou a receber coisas escritas por mim sem nenhuma atribuição de autoria. O mesmo digo àlguns jornalistas…

"Egídio Vaz queixa-se de plágio no Facebook"