MOÇAMBIQUE RECEBE TANQUE DE OXIGÉNIO COM CAPACIDADE PARA ALIMENTAR DUZENTAS CAMAS

Já está no país o Tanque de Oxigénio doado a Moçambique por Angola, para responder às necessidades daquele gás por parte dos doentes com Covid-19 com dificuldades respiratórias.
Fabricado em Angola, com um peso de 16 toneladas e capacidade para fornecer oxigénio a 200 camas, o tanque chegou no final da manhã de Segunda-feira, 15 de Fevereiro, num avião cargueiro da Força Aérea daquele país do atlântico, no âmbito da cooperação bilateral de quase meio século entre as duas Nações e cumprimento de uma promessa feita pelo Presidente de Angola ao seu homólogo de Moçambique, Filipe Nyusi.
Falando à chegada daquele importante equipamento, a Vice-ministra da Saúde, Lídia Cardoso, agradeceu o gesto daquele país irmão, tendo revelado que o tanque será instalado no centro de tratamento da Covid-19, no Hospital Geral de Mavalane, na cidade de Maputo.
Em representação do seu Governo, o embaixador de Angola em Moçambique, José João Manel, disse que a doação do equipamento era uma prova inequívoca das boas relações existentes entre os dois Estados e povos, tendo mostrado esperança de que mais apoios de âmbito sanitário se possam materializar nos dois sentidos, nos próximos dias.
Aliás, em Dezembro de 2020, lembre-se, e na esteira do acordo de cooperação na área da saúde com todos os Paises Africanos de Lingua Oficial Portuguesas (PALOP), o nosso país efectuou uma doação à Angola, de dois regimes terapeuticos de anti-retrovirais.
Os medicamentos foram transportados em três aviões de carga das Linhas Aéreas de Angola.
Fonte: MISAU

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *