RSA pronta a ajudar no combate ao terrorismo, se Moçambique solicitar

A disponibilidade do governo sul africano para ajudar Moçambique foi manifestada recentemente pela Ministra dos Negócios Estrangeiros daquele país membro da SADC, Naledi Pandor, falando à uma Comissão parlamentar do seu país, segundo escreve a agência Reuters, conforme é citada pela DW.

“Se for apoio de inteligência, se for para a marinha sul-africana patrulhar a costa, se for auxílio das nossas forças de defesa… Nós, como África do Sul, estamos prontos, mas devemos ter essa indicação do Governo de Moçambique”, declarou a governante, que garantiu que a África do Sul respeita a soberania de Moçambique.

“Mas se a África do Sul deve saltar para Moçambique sem qualquer pedido do país, sem qualquer indicação sobre onde precisa de ajuda? Não tenho certeza se podemos fazer isso”, explicou.

Mesmo assim, Naledi Pandor reconheceu que o conflito que se vive em Cabo Delgado preocupa a toda a região. “O surgimento desse conflito é uma reversão preocupante da paz que caracteriza a SADC há alguns anos. Moçambique tem relação intensa com os países da região, e estamos todos a analisar como podemos ajudar”, acrescentou.

Segundo ela, a SADC solicitou um Plano de Acção ao Governo de Moçambique, mas ainda aguarda por uma resposta, sem a qual nenhum país visinho poderá intervir.

Leave a Reply