Ministério Público recorre da sentença aos acusados de conspiração contra o Estado

Trata-se da sentença à Sandura Ambrósio, António Bauasse, Gabriel Domingos, Aniva Joaquim e Eugênio Joaquim Domingos e outros três reus, condenados a 5 anos de prisão, convertidos em multa.

Segundo o porta-voz da Procuradoria Provinvial de Sofala, Joaquim Tomo, o Ministério Público (MP) concorda com os 5 anos de prisão, mas não concorda com a sua conversão em multa.

az”O Tribunal aplicou a pena que desejavamos primeiramente de cinco anos dessa moldura penal de dois a oito anos. O que não concordamos é a substituição dessas penas em multas por que a lei não permite para estes casos a substituição”, explicou o porta-voz, conforme é citado pela imprensa.

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *