Ex-membro da polícia alvejado mortalmente após assalto em Manica

Um ex-membro da Polícia foi alvejado mortalmente e seus dois comparsas detidos em conexão com assalto a 10 mil dólares no distrito de Manica.

O caso deu-se no passado dia 29 de Junho quando o ex-agente da PRM e quarto comparsas sendo dois membros da Polícia e dois trabalhadores da empresa ANFRENA, subcontratada pela Administração Nacional de Estradas (ANE) para cobrança de camiões que saem do Porto da Beira aos países do Interland, assaltaram a referida firma onde roubaram 10 mil dólares.

A Polícia montou as suas linhas operativas, culminando com a neutralização do ex-agente que na tentativa de fuga, foi alvejado mortalmente.

Ainda durante a operação, a PRM deteve um membro no activo e um trabalhador da empresa ANFRENA que confessam o seu envolvimento no crime.

Mário Arnanca, porta-voz da Polícia em Manica condena veementemente este tipo de comportamento dos agentes que juraram servir fielmente a pátria na garantia da ordem e segurança públicas.

“Lamentamos a morte do nosso ex-colega que estranhamente pautou por essa conduta anormal para quadros da corporação, e temos a informar que quando o neutralizamos, tentou trocar tiros com a Polícia e acabou alvejado, infelizmente, mortalmente”, disse a fonte.

Refira-se que o agente ora baleado pela polícia foi expulso há dois anos, após ter assaltado um estabelecimento comercial em Gôndola, onde estava afecto.

O País

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *