COVID-19: Mais de 4.000 mortes em 24 horas nos Estados Unidos da América

Nas últimas 24 horas, os EUA registaram 4.491 mortos devido à COVID-19, elevando para cerca de 33 mil o total de vítimas mortais, indicou a Universidade Johns Hopkins esta quinta-feira.

Esta semana, a cidade de Nova Iorque anunciou que ia acrescentar 3.778 mortes provavelmente causadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) ao número de óbitos locais.

De acordo com os centros de prevenção e de luta conta as doenças norte-americanas (CDC, uma agência governamental), o país contava às 20:00 horas, hora local, 31.071 mortos, incluindo 4.141 provavelmente causados pela COVID-19, um número ligeiramente inferior ao avançado pela Universidade Johns Hopkins.

Os Estados Unidos são actualmente o país com mais óbitos no mundo, à frente da Itália (com 22.170 mortos), Espanha (19.130) e França (17.920) e Reino Unido (13.729 mortos).

A primeira potência mundial identificou também cerca de 667.800 casos.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou na quinta-feira um plano de “reabertura” económica e social para o país, por fases e zonas, e sem um calendário definido.

A nível global, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 145 mil mortos e infectou mais de 2,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 465 mil doentes foram considerados curados.

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *