Mais um ataque no distrito de Palma resulta em dois mortos

Os ataques militares, levados a cabo por um grupo de insurgentes, na província de Cabo Delgado, estão cada vez mais ascendentes. De acordo com fontes da “Carta”, na noite do passado domingo, os atacantes realizaram mais uma incursão, na aldeia Matapata, a menos de 20 km da sede do distrito de Palma e da comunidade de Quitupo, na Península de Afungi, local onde será construída a Fábrica de Liquefacção do Gás Natural, da bacia do Rovuma.

O ataque, narram as fontes, resultou na morte, por decapitação, de dois cidadãos do sexo masculino. As vítimas, contam as fontes, foram surpreendidas pelos insurgentes que, depois da acção, rapidamente se puseram em fuga pela mata dentro.

A situação voltou a soar alarmes na região, que viu as obras de construção do bairro de reassentamento interrompidas, em Fevereiro último. Assim, na manhã desta segunda-feira (15 de Junho), agentes das Forças de Defesa e Segurança (FDS) foram vistos ao longo da estrada que liga as vilas-sede de Mocímboa da Praia e Palma. Refira-se que há semanas, 11 pessoas perderam a vida, naquele distrito, vítimas dos insurgentes na comunidade de Ntoli.

(Carta)

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *