HCB vende mais 1,5 por cento do que tinha programado

A Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) anunciou, esta manhã, ter vendido 4 por cento das suas acções, mais 1,5 por cento do que tinha sido planificado para esta primeira fase. O anúncio foi feito pelo Presidente do Conselho de Administração da empresa, Pedro Couto, durante a cerimónia de apresentação dos resultados da Oferta Pública de Venda (OPV), dos 7,5 por cento das acções da empresa, que decorre em Maputo.

Segundo o PCA da maior produtora de energia do país, a decisão de alargar a oferta deveu-se a maior procura verificada nesta primeira fase do processo. Lembre-se que, nesta fase, a HCB tinha colocado no mercado 2,5 por cento das suas acções, correspondente a 680 milhões de acções, das quais esperava arrecadar 2 mil milhões de meticais. Cada acção custava 3 Mts.

Referir que a subscrição para a compra das acções da HCB decorreu entre os dias 17 de Junho e 12 de Julho e eram elegíveis cidadãos, empresas e instituições nacionais. A operação era feita, através da Bolsa de Valores de Moçambique (BVM), sendo executada pelo consórcio bancário BCI (Banco Comercial e de Investimento) e BIG (Banco Internacional Global). (Evaristo Chilingue)

Carta de Moçambique

Loading...
Tags:

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *