Artur Semedo acusa irmãos Shafee e Rafik Sidat de terem tirado título a sua equipa

O treinador da equipa principal da União Desportiva de Songo, Artur Semedo considera que os irmãos Rafik Sidat e Shafee Sidat estão na origem do insucesso da sua colectividade na luta pelo título nacional, ganho esta tarde pelo Ferroviário da Beira.
Falando a imprensa logo depois do termino da partida em que o Ferroviário da Beira venceu por uma bola a União Desportiva de Songo e sagrou-se campeão nacional, Artur Semedo que prometera  há algumas jornadas falar sobre os jogos sujos que acontecem no futebol nacional, disse que Shaffee Sidat e Rafik Sidat são os decisores de quem ganha o campeonato e quem desce de divisão no país.
Num tom bastante firme, Semedo referiu que os únicos vencedores no Moçambola 2016 sãos os irmãos Sidat que tudo fizeram para prejudicar a sua equipa.
Nos fomos os campeões de facto, mas fomos prejudicados por aqueles que são os reais decisores deste campeonato. Ao longo do campeonato prometi que iria revelar o nome daqueles que realmente mandam no futebol, portanto, os meus parabéns vão para os Senhores Rafik e Shafee Sidat que realmente dicidem quem ganha o campeonato e quem desce de divisão”, concluiu Semedo.
Shafee Sidat
A tensão entre o técnico Artur Semedo e alguns elementos da poderosa família Sidat data desde 2012 ano em que o técnico foi despedido do comando da Liga Desportiva de Maputo. Desde a sua saída o técnico tem se queixado de perseguição e aponta agentes exógenos ao futebol, alegadamente a mando dos Sidat como estando na origem do seu infortúnio.
Rafik Sidat
Recorde-se que antes mesmo de deixar a Liga em 2012 o técnico já prometia que “iria abrir o livro das coisas estranhas que acontecem no Moçambola”, visando prejudicar as suas equipas.
Facto é que este ano, à entrada das últimas cinco jornadas do Moçambola, a União Desportiva de Songo liderava isoladamente a prova com seis pontos de vantagem em relação ao Ferroviário da Beira, mas consentiu quatro derrotas consecutivas, perdendo desse modo a liderança e o título.
Fonte: Magazineindependente

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *