PRM impede marcha de membros e simpatizantes da Renamo

A Renamo queixa-se de ter sido impedida pela Polícia da República de Moçambique (PRM) de fazer uma apresentação do seu cabeça-de-lista ao nível da cidade de Maputo, Venâncio Mondlane. O impedimento deve-se, segundo Venâncio, à falta de uma autorização. “A alegação é que devíamos pedir autorização para fazer trabalho político. Mas em 1990 quando se aprovou a nova constituição, a liberdade de associação e de criar partidos foi aprovada”, disse Mondlane. O impedimento é inconstitucional,…

"PRM impede marcha de membros e simpatizantes da Renamo"