Morte de Feliciano Maricoa levou gargalhadas que o povo precisa

Feliciano Maricoa, dramaturgo moçambicano falecido na última terça-feira na cidade de Nampula destacam as qualidades do artista e convergem na lacuna que nasce à escala nacional e não só, sobretudo no capitulo do humor. Paralelamente, apontam que a morte daquele dramaturgo levou os motivos de gargalhada que o povo moçambicano muito precisa, constituindo motivo de profunda tristeza que para superar durará seu tempo. O governador da província de Nampula, Víctor Borges, que esteve presente no…

"Morte de Feliciano Maricoa levou gargalhadas que o povo precisa"