Feliciano Maricoa, dramaturgo moçambicano falecido na última terça-feira na cidade de Nampula destacam as qualidades do artista e convergem na lacuna que nasce à escala nacional e não