Mercado Xipamanine encerra para lutar contra COVID-19

Encerrado. É assim que o mercado do Xipamanine, localizado na Cidade de Maputo acordou esta segunda-feira.

Como as autoridades haviam anunciado, o mercado com 11 mil vendedores, dos quais 5 mil no sector formal e 6 mil no informal fechou as portas temporariamente para criar mecanismos de prevenção da Covid-19, daí que está em curso o processo de limpeza, desinfecção e demarcação de novos espaços que respeitam o distanciamento social para os vendedores informais.

O acampamento da salubridade, pavilhões e campo de futebol são os locais onde os vendedores Informais serão acomodados.

Stroglive

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *