Malawi: Profissionais de saúde abandonam doentes de Covid-19 em reivindicação de subsídios

Perto de noventa profissionais de saúde do distrito de Blantyre no Malawi, paralisaram esta quarta-feira, a assistência aos doentes de Covid 19, em reivindicação de subsídios em atraso.

Trata-se de médicos e enfermeiros que nesta quarta-feira, concentraram-se defronte do edifício de Kameza, onde estão internados alguns pacientes do novo coronavírus.

Estes ameaçam igualmente que deixarão os doentes à sua sorte, caso o governo não liberte o subsídio em atraso

O director dos serviços sociais e de saúde de Blantyre, Gift Kawalazira, reconheceu o atraso no pagamento de subsídios aos profissionais de saúde, tendo esclarecido que esforços estão a ser empreendidos para a satisfação do direito em causa.

O Malawi conta com 564 casos da Covid-19, 6 mortes e 76 recuperados.

(RM Blantyre)

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *