“Não sou eu quem devia ter feito a cobertura defensiva, erro esse que deu em golo”- Matine

No final do jogo que ditou o afastamento de Moçambique da fase de qualificação do CHAN-20, Victor Matine disse que os dois golos sofridos pelos Mambas em seis minutos estão relacionados com os erros defensivos cometidos, associados ao facto de não terem conseguido gerir a vantagem de três golos que tinham ao intervalo. Matine assume as responsabilidades, mas diz que não é ele quem deveria ter feito a cobertura defensiva que acabou originando o primeiro golo dos malgaxes.

Visivelmente triste com o desfecho desta eliminatória estava Victor Matine no momento em que se fez à sala de imprensa aonde as suas primeiras palavras foram de agradecimento ao público que esteve em massa no Zimpeto. “Não faltou público para sentirmos um conforto por forma a que a gente tenha momentos mentais bons”, disse Matine.

Analisando as incidências do jogo, o selecionador nacional interino, disse que “tínhamos uma vantagem na etapa inicial de três golos, tentamos mudar o nosso posicionamento táctico por forma a povoar a linha média, mas esquecemos que estávamos a abrir o nosso sector mais recuado, aonde faltou comunicação entre o sector mais defensivo e o guarda-redes, tenho que atribuir as culpas a esse sector. Faltaram coberturas defensivas, foram dois erros que nos aconteceram e custaram-nos caro”.

Victor Matine reconheceu que “não era isso que nós queríamos, temos que pensar e continuar a trabalhar e esses jovens só vão crescer se nós continuarmos a trabalhar e corrigirmos os erros defensivos que a equipa cometeu”.

Lance

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *