Moçambique vence campeonato Mundial B de Hóquei em Patins

A selecção nacional de Hóquei em Patins conquistou na noite deste sábado, 13 de Julho, o Campeonato Intercontinental de Hóquei em Patins, o chamado Mundial do Grupo B ou, na linguagem do vulgo desportivo, da segunda divisão. Moçambique derrotou Andorra na final. 

No mais aguardado encontro da final, os “ngomanhas” não tiveram tarefa fácil diante de uma Andorra que veio para este encontro com a lição perfeitamente estudada depois de, na passada terça-feira, 9 de Julho, ter perdido contra Moçambique no encontro que decidiu o 1ª classificado da Série A desta competição.

A selecção nacional também não facilitou e, em virtude desse equilíbrio que se assistiu nos primeiros 25 minutos, as duas equipas foram ao intervalo empatadas a zero.

Na etapa complementar e decisiva, os dois conjuntos abriram-se. Correram atrás de um resultado favorável e que seria, para todos os efeitos, histórico para ambos os países.

O relógio picava nos 20 minutos e 13 segundos do fim – no hóquei a contagem é regressiva – quando a Andorra esmurrou o estômago dos moçambicanos, anotando o 1 a 0.

Com muito tempo de jogo, Moçambique não se abalou. Patinou progressivamente e foi por intermédio de Pedro Martins que tratou de colocar o resultado no seu ponto justo. 1 a 1, a 18 minutos e 54 segundos do fim.

Esta igualdade momentânea durou, diga-se, uns largos cinco minutos. Felipe Vaz revirou o marcador, mas este cenário foi, por sinal, sol-de-pouca-dura. Os andorranos empataram de seguida, lançando a clara mensagem de que não deixariam nada ao desbarato. Haviam 11 minutos e 42 segundos por se disputarem.

Jogar no erro como estratégia

Com o 2 a 2 no marcador, o desafio voltou a conhecer um assinalável período de parada e resposta. Fundamentalmente equilibrado, no qual claramente sofreria a equipa que cometesse menos erros. E foi o que se viu: Felipe Vaz bisou a sensivelmente sete minutos do fim, colocando o nosso País novamente em vantagem.

Aliás, Mário Rodriguez, à entrada dos últimos 60 e largos segundos, anotou o tento que colocou os “Ngonhamas” com uma mão e meia no troféu mundial. Mas a Andorra não desarmou e forçou um grande jogo de cintura quando, dez segundos mais tarde, ou seja, a 01 minuto e 59 segundos do fim, estabeleceu o resultado final de 3 a 4.

Sem mais desenvolvimentos dignos de realce, Moçambique conquistou, assim, o seu segundo título mundial do segundo escalão do Campeonato Mundial de Hóquei em Patins, este ano designado por Campeonato Intercontinental. Repetiu a façanha alcançada em 2006, em MontevidéuUruguai.

Olhoclinicomoz

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *