Detido Paulo Zucula acusado de receber subornos no caso Odebrecht

O antigo ministro dos Transportes e Comunicações, Paulo Zucula foi detido esta manhã na cidade de Maputo em conexão com o caso Odebrecht onde é acusado de ter recebido subornos no valor de 315 mil dólares americanos para viabilizar a construção do Aeroporto de Nacala. No âmbito do processo nº 58/GCCC/17-IR foi detido igualmente hoje o cidadão Emilliano Finoch, arquitecto de profissão e à data dos factos dono da Construtora Geo Projectos Construções.

Os dois arguidos foram detidos após serem chamados para Procuradoria-Geral da República. A brasileira admitiu num acordo de leniência com o departamento de Justiça dos Estados Unidos da América, ter pago subornos de 900 mil dólares norte-americanos a funcionários de Governo de Moçambique para a construção do megalómano Aeroporto Internacional de Nacala.

Além de Zucula e Finoch, também é arguido no processo o ex-ministro das Finanças, Manuel Chang acusado de ter recebido 250 mil dólares de suborno da Odebrecht.

O País

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *