Mulémbwè diz que FRELIMO ganhou na Matola por mérito e não há espaço para RENAMO contestar

O chefe da brigada central da Frelimo na província de Maputo, Eduardo Mulémbwè, classifica de normal a contestação da Renamo contra os resultados eleitorais publicados no último sábado.

Mulémbwè fez estas declarações dois dias depois de a vice-presidente da Comissão de Eleições da Cidade da Matola contestar os resultados oficiais divulgados no sábado.

Aliás, o chefe da brigada central da Frelimo na província de Maputo fez questão de sublinhar que esta não é a primeira vez que a Renamo contesta resultados divulgados pelos órgãos eleitorais.

Eduardo Mulémbwè deixou claro que não há espaço para qualquer tipo de negociação com a Renamo, uma vez que o eleitorado confiou na Frelimo para dirigir os destinos da autarquia da Matola.

Ainda nesta terça-feira, a Renamo na cidade da Matola voltou a chamar a imprensa para mais uma vez contestar os resultados oficiais e informar que já submeteu recurso junto das autoridades competentes.

O País

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *