Membros e simpatizantes da Frelimo mais cinco militares agredidos pela Renamo

Na Cidade de Nacala-Porto a campanha eleitoral está sendo marcada pela violência eleitoral, envolvendo membros e simpatizantes da Renamo contra a Frelimo e FDS.

No dia 03 de Outubro, cinco militares devidamente fardados que se faziam transportar numa viatura militar, foram espancados por um contingente da caravana da Renamo em plena campanha eleitoral, na Cidade de Nacala-Porto.

O facto sucedeu no bairro de Quissimajulo, no troço entre Forças Especiais de Nacala e Mpako, facto confirmado pela Renamo, segundo contaram à nossa equipe dois integrantes da caravana. A Polícia ainda não se pronunciou sobre esta ocorrência, alegando ainda estar a compilar todas as informações e que de seguida vai anunciar as possíveis ocorrências à imprensa em momento oportuno.

Ontem, dia 04 de Outubro, o responsável distrital de Antigos Combatentes de Luta de Libertação Nacional (ACLLIN) de Nacala-Porto, Samuel Libububo foi gravemente agredido pelos integrantes da caravana da Renamo, o facto sucedeu próximo da sua residência habitual, na Alta da Cidade e na zona do Sonho Real.

Na noite do dia três de Outubro, um outro simpatizante do partido Frelimo foi vítima de agressão física por desconhecidos cobertos de panfletos da Frelimo, logo após o encerramento da campanha eleitoral, no Bairro de Macone, facto que levou a Frelimo a dar uma assistência alimentar à família da vítima internada na Unidade Sanitária de Nacala.

CIP- Eleições

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *