O sonho de Manuel de Araújo

Meu sonho!
Como Martin luther King, eu tambem tenho um sonho! E gostaria de acordar um dia e ver meu sonho realizado! E meu sonho nao e muito complicado! Meu sonho e ver meu povo em Paz! E pelas fotos a circular nas redes sociais, me parece que ter Paz nao e dificil, bastando querermos! Mas para queremos tem de haver Justica! E para haver Justica tem de haver Democracia! E na minha pobre logica, para que haja democracia deve no minimo haver Alternancia, pois Democracia sem Alternancia nao e Democracia! E me parece que para que haja Alternancia deve haver, no minimo, partidos politicos serios, transparentes e democraticos (internamente) e deve haver eleicoes periodicas, livres, transparentes e justas! Ora para que haja eleicoes periodicas, justas, livres e transparentes todas as forcas politicas e nao so, devem estar engajadas no combate para a consolidacao dessa mesma democracia, independentemente se esse engajamento traz a curto prazo prejuizos ou beneficios para si mesma, porque afinal de contas o objectivo ultimo e a melhoria das condicoes de vida dos nossos concidadaos!

Por isso, minhas irmas e meus irmaos, meu sonho, como activista pela consolidacao da democracia e bem estar do povo mocambicano, nao e complicado, alias e muito simples e comeca em Nampula! Em Nampula joga-se a meu ver, nao so o bem estar dos municipes de Nampula! Em Nampula joga-se o futuro de Mocambique! O futuro da democracia! O futuro da Paz, Estabilidade Politica, Social e Economica de Mocambique e dos mocambicanos! e explico-me!

Meu pai, Que Deus o tenha, ensinou-me que nao ha neutralidade possivel, quando um gato estiver a devorar um rato! Nesse momento, quando o gato estiver a devorar o rato, se nos mantivermos ‘neutrais’ , de facto, nao estamos a ser neutros, estamos sim a alinhar com o mais forte, o gato, contra o rato! Ou seja, ao concordarmos com a lei do mais forte, estamos ate a ser coniventes, ou seja participantes passivos na morte do rato!

Por isso minhas irmas e meus irmaos, nao jogar em Nampula a meu ver equivale a endossarmos o mais ‘forte’, a Frelimo! Forte nao em termos de apoio popular, mas forte em malandrice e aldrabice pois sabemos todos que ela entra no campo a contar com o apoio do campo (que esta inclinado a seu favor), com o apoio dos arbitros, dos juizes de linha, da “Federacao Mocambicana de Futebol” (passe a giria) ou seja conta com o apoio e conivencia da CNE,do STAE, do relator do jogo ou seja a RM, a TVM, das forcas de defesa e (in)seguranca, o seja a U/FIR, a PRM, o SISE ao seu lado, para alem das ODM’s ACLIN, OMM, OJM que vivem do suor e orcamento do povo!! Nao participarmos na segunda volta em Nampula equivale a meu ver, apoiarmos o arbitro CNE e STAE que tambem jogam e apitam a favor da Frelimo!

Por isso meu sonho seria ver o MDM na sua maxima forca, incluindo o Presidente Davis Simango em Nampula, nao so a fazer campanha para desalojar a Frelimo do poder, como tambem a chefiar a equipa da contagem paralela, para que nao haja malandrices, aldrabices e fraudes, porque todos conhecemos os pontos fortes da Renamo. Mas tambem conhecemos os pontos fracos da Renamo, especialmente na fiscalizacao. Infelizmente sim, porque um partido da dimensao da Renamo deveria saber organizar-se melhor para defender o que e seu! Mas felizmente temos o MDM que e Master em fiscalizacao, gracas ao arrojo da sua lideranca, superando mesmo a maquina da Frelimo em qualidade e quantidade! Ora se um dos pontos fracos da Renamo, e um dos pontos fortes do MDM, o que e que falta para os dois lideres se entenderem e trabalharem juntos para desalojar a Frelimo de Nampula?! Sera que para desalojar a Frelimo do poder nao se podem “engolir sapos” para um bem maior, para dar Voz a quem nao tem voz, que no fim de contas sao os municipes de Nampula? Porque sera que Davis Simango aceita o convite de Filipe Jacinto Nyussi para fazer parte do Conselho de Estado e com ele viaja ou participa em reunioes tanto dentro do pais como fora (Holanda) e nao e capar de se sentar com Afonso Dhlakama? Ou por outra, porque e que o Presidente Dhlakama recebe na Gorongosa de maos abertas seu irmao Filipe Jacinto Nyussi na Serra Gorongosa e nao e capar de receber Davis Simango? Afinal de contas que diferencas sao essas que o povo desconhece? Sera que o ditado ‘amigo de meu amigo, amigo e, para este caso nao serve? E que parece que Nyussi e amigo de ambos (Dhlakama e Simango) ….

Oxala um dia meu sonho se concretize e possa ver o presidente Davis Simango do MDM lado a lado com o Presidente Dhlakama da Renamo, esquecendo as birras e querelas Chibabavianas, pessoais e partidarias e colocando o povo mocambicano em primeiro lugar, a democracia em primeiro lugar e a derrota de quem esta no poder em primeiro lugar! E assim que os partidos na oposicao se devem comportar. foi assim que o ANC perdeu Johannesburg, cape Towm , Pretoria e Port Elizabeth na Africa do Sul. Foi assim que Antonio Costa chegou ao poder em Portugal! E e assim em todo o mundo! Porque nao em Mocambique?

Chegarei a ver esse sonho a realizar-se ou trata-se de uma miragem? Ou as guerras intra-Chibabavianas, pessoais, e partidarias sao mais importantes que a democracia e o bem estar do povo mocambicano? E mais nao disse!

Manuel de Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *