Filipe Nyusi dispensa antigos assessores?

Nyusi com novos assessores! – Nini Satar

“Informações ainda não confirmadas indicam que o Presidente da República, Filipe Nyusi, tem novos assessores. O que não sei é se dispensou os que antes lhe assessoravam, mas a pujança destes novos é visível.

Sempre, nas minhas cartas dirigidas ao Presidente da República, pedi, encarecidamente, para que substituísse por outros os assessores que lhe rodeavam. Produziam pouco. Levavam o Presidente à mata. O país estava quase a colapsar. Acho que Filipe Nyusi me ouviu. Aliás, servi de porta-voz do sofredor povo moçambicano. As preocupações que fiz chegar ao Presidente não eram só minhas, eram do povo moçambicano do Rovuma ao Maputo.

Embora com alguma debilidade, o certo é que agora temos paz. Ou seja, pode-se viajar do Rovuma ao Maputo, via terrestre, sem que seja necessário colunas militares. Os camponeses estão ai a produzir. Se isto assim continuar, a próxima colheita vai ser uma fartura. Era isto que o povo queria: paz para trabalhar, estudar, cantar e cuidar dos seus.

O Metical, a nossa moeda, está a fortalecer-se face ao dólar. Os combustíveis baixaram de preço. A LAM saiu da lista negra e já pode voar para o espaço europeu. Aqueles senhores que só dormiam na EMTPM já acordaram. Os mecânicos conseguiram reparar alguns autocarros e estão ai à rua. Podem ser poucos, mas circulam. O grave era tê-los parados alegadamente porque não têm baterias ou pneus…valha-me Deus!

Embora julgasse que não se devia intrometer em assuntos do fórum judicial, o Presidente da República teve uma intervenção apreciável acerca do relatório da Kroll. Ou seja, no ponto em que as coisas estão, acredito que tendem a melhorar. O Presidente parece ter acordado de um sono profundo.

Sei que muitos dirão que é pouco. O certo é que já temos sinais de melhoria. Para se chegar à perfeição é uma longa estrada, como todos sabemos. O importante é o Presidente mostrar sinais de mudança. Com o tempo muita coisa será limada. Assuntos dos Cambazas e tantos outros, com o tempo, merecerão o devido enquadramento.

O que o povo deve fazer, é aplaudir, ou seja, encorajar quem pelo menos mostra alguma iniciativa. Isto é louvável. Haverá tropeços? Sim. E tantos. Mas enquanto houver coragem de enfrentar os problemas que nos desgraçam como nação, temos de apoiá-lo. Não é errado dizer parabéns senhor Presidente.

PS: Aproveito o ensejo para dizer ao Presidente para que caso ainda existam preguiçosos, refiro-me àqueles camaradas que só querem mamar do Estado sem fazer nenhum, que aproveite o congresso do partido que se avizinha, para os remover. Do congresso, o Presidente tem que sair revigorado e sem esquecer que, efectivamente, o seu patrão é o povo moçambicano.”

A frente é que é o caminho!

Nini Satar

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *