A se provar o envolvimento de Sandura Ambrósio com a Junta Militar, terá que se explicar

Este é o posicionamento assumido por António Muchanga, deputado da Assembleia da República pela Bancada Parlamentar da Renamo, sobre o seu antigo colega, Sandura Ambrósio, acusado de ser financiador da Junta Militar, numa entrevista à Media Mais TV.

Muchanga tratou de distanciar o arguido do partido. “Primeiro quero esclarecer que Sandura Ambrósio já não é membro da Renamo. Ele fez parte da lista do MDM e é o número 4 na lista das últimas eleições gerais, assim como o comparsa dele, o Bauase. Bauase foi membro da Assembleia Municipal pela Renamo, mas nas eleições de 2019, decidiu concorrer pelo MDM”, afirmou.

Mesmo assim, Muchanga entende que o julgamento vai permitir ao Sandura Ambrósio se explique. “Lamento que tenha ficado muito tempo na cadeia antes do julgamento. Mas ele tem esta oportunidade de explicar o que sabe e os que o acusam provarem que ele é o que se diz dele”.

Muchanga mostrou-se confiante em relação desfecho do julgamento, e afirmou que “se se provar o seu (Sandura) envolvimento com a Junta Militar terá que dizer as motivações que o levam a quebrar o desejo que Afonso Dhlakama deixou em vida, de acabar com a guerra em Moçambique”, declarou.

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *