Segundo o Jornal Txopela, as forças militares de defesa e segurança governamentais (FDS) são acusadas de extorquir cidadãos que fazem o troço Caia-Nhamapandza, no centro do País, região