O ex-presidente brasileiro, Lula da Silva, vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) e à ONU para que possa disputar as eleições presidenciais. O STF decidiu que Lula