O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse este domingo que o sistema judicial do país será culpado «se algo correr mal», depois da suspensão do seu decreto