Dias depois de Ragendra de Sousa, vice-ministro da Indústria e Comércio, ter dito que a população deve recorrer a batata-doce e mandioca como alternativas ao pão, cujo preço