Clientes que contraíram empréstimos no Nosso Banco continuarão a ser cobrados

Os créditos concedidos pelo ora dissolvido «Nosso Banco» aos seus vários clientes continuarão a ser cobrados, revelou o Banco de Moçambique, através da sua administradora do pelouro de Emissão e Mercadores, Joana Matsombe. A cobrança dos créditos acontecerá porque eles farão, mais tarde, parte da massa falida, valor que será, por sinal, usado para efectuar a devolução total dos depósitos aos clientes lesados. No «Nosso Banco», que era detido, maioritariamente, pelo Instituto Nacional de Segurança…

"Clientes que contraíram empréstimos no Nosso Banco continuarão a ser cobrados"

UBA pode ser o próximo banco a encerrar as portas em Moçambique

O Moza foi intervencio­nado. O “Nosso Banco” foi extinguido e o processo liquidatário está a correr. Publi­camente, se sabe que a situação de muitos outros bancos a operar no país, também não é boa. Muitas andam com uma situação prudencial no vermelho e a vassourada do Banco de Moçambique contra instituições financeiras “tóxicas” continua em curso. Nisso, a pergunta é: quem será o próximo? O sector empresarial moçambicano também não tem dúvidas de que a…

"UBA pode ser o próximo banco a encerrar as portas em Moçambique"