Direitos Humanos quer esclarecimento do caso Instrutores da PRM em Matalane

A Comissão Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) quer ver esclarecido o caso dos instrutores que supostamente engravidaram as suas instruendas na Escola Prática da Polícia da República de Moçambique (PRM), em Matalane, distrito de Marracuene, província de Maputo.

Luís Bitone indicou que um grupo daquela organização deverá, na próxima semana, deslocar-se ao terreno para obter mais dados sobre o assunto.

O Presidente da CNDH adiantou algumas saídas que podem ser seguidas se se provar a ocorrência deste incidente.

“ 1, Processo Disciplinar tem que se iniciar. 2, a questão do Processo Criminal, o assédio é um crime já no nosso país”, disse. (RM Maputo)

Adicionar um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *